NegóciosPropaganda
Métodos para definir quanto investir em propaganda

Métodos para definir quanto investir em propaganda

Em relação à propaganda, as empresas maiores têm a sua disposição mídias mais caras como televisão, jornais e revistas de grande circulação. Empresas menores investem em internet, panfletos, banners etc. porque são meios de comunicação que exigem menor investimento.

Mas, se você é empreendedor, já deve ter parado para pensar: “Quanto eu devo investir com propaganda / divulgação da minha empresa e dos meus produtos”? Neste artigo não vamos indicar valores em dinheiro, mas vamos detalhar quais são as formas de avaliação utilizadas pelas empresas.

Propaganda gera vendas

As empresas investem em propaganda principalmente para: aumentar as vendas.

Desta forma, a propaganda precisa gerar mais vendas para a empresa. Caso contrário, não se justifica o investimento. Algumas empresas têm um desempenho tão excepcional que não precisam divulgar os seus produtos. Recentemente fui a um consultório médico, em que decidiram não atender mais planos de saúde, pois a procura de pacientes pelos serviços médicos deste consultório é muito grande.

Para avaliar o Retorno que se obtém com investimento em propaganda é necessário utilizar o que chamamos de ROI (Retorno Sobre Investimento).

Métodos para definir quanto investir em propaganda

A fórmula é a seguinte:

ROI = (Retorno em Vendas – Investimento em propaganda) / investimento em propaganda

Suponha que foram investidos em propaganda durante um mês o valor de R$ 1.000,00. Verificou-se que este valor gerou R$ 2.500,00 em vendas. Vamos lá!

ROI = (2500 – 1000) / 1000

ROI = 1500 / 1000

ROI = 1,5

Se o ROI é negativo a propaganda trouxe prejuízo. Se o ROI é igual 0 (zero) a empresa não ganhou nem perdeu. Se é maior que zero houve ganhos com a propaganda. No nosso exemplo o ROI gerou um retorno de 1,5 vezes em vendas, em relação ao valor que foi investido.

Quanto maior o ROI, melhor os resultados da propaganda. Deve-se considerar o custo total com a propaganda, por exemplo, você anunciou com a distribuição de panfletos.

Métodos para definir orçamento

Existem algumas formas de decidir quanto investir em propaganda. Isso não é bem uma teoria, mas sim como as empresas fazem na prática. Veja abaixo quais são os métodos mais comuns utilizadas pelas empresas.

Dinheiro que sobrar

Muito praticado por pequenas e médias empresas! Consiste em investir o valor que sobra após pagar outras despesas. É perfeitamente compreensível pois a empresa pode estar com fluxo de caixa apertado. Quando as contas desafogam investe-se em propaganda por sobrar dinheiro. Este é o pior método, pois dá a entender que a propaganda não gera venda, e sim o contrário. Além disso, pense em períodos de crise econômica, como estamos passando: as vendas caem, mas não se investe para reverter a situação. A conclusão é que a crise e baixo volume de vendas se aprofundam, podendo ser perigoso para a empresa.

Ajuste calibrado

O empresário leva em conta os anos anteriores: investimento com propaganda e vendas alcançadas. Após isso, faz um ajuste pensando no que pretende para o próximo ano. Aumentar as vendas? Então, investe-se mais em propaganda do que se investiu em anos anteriores. Este método considera a experiência e a prática do empresário.

Percentual de Vendas

Este método consiste em destinar um percentual das vendas para a propaganda. Vamos supor que a empresa decida que 5% das vendas devem ser destinados para propaganda. Assim, uma empresa que faturou em um mês R$ 20.000,00 destinará R$ 1.000,00 para a propaganda. Se o faturamento foi de R$ 30.000,00, destinará R$ 1.500,00. Este método também comporta a mesma falha do “dinheiro que sobra” pois, a propaganda não é vista como investimento para aumentar as vendas e sim o contrário; o investimento com propaganda é determinado pelas vendas.

Paridade competitiva

A empresa não pretende perder clientes para os concorrentes, então decide investir com propaganda de forma semelhante ao concorrente. Por exemplo, a empresa viu um anúncio do concorrente no jornal, então passa investir em anúncios no jornal. Um restaurante ao lado resolveu investir em Panfletos, daí decide-se investir em Panfletos também. Esta empresa procura aproximar-se do que os concorrentes estão fazendo, tanto nos meios de comunicação, quanto no valor destinado para a propaganda.

Este método não considera que os concorrentes podem não estar fazendo uma ação de Marketing correta, como consequência, a empresa também estará reproduzindo a ação de Marketing errada.

Objetivo e Atividade

Neste método determina-se os objetivos da propaganda: gerar mais vendas no mês, fidelizar os clientes etc. Analisa-se quais atividades serão necessárias para atingir este objetivo. Avalia-se o custo dessas atividades, e assim, se define quanto investir em propaganda para atingir os objetivos.

A desvantagem deste método é que é trabalhosa, pois exige um planejamento mais detalhado. Mas, as vantagens são: ter um objetivo claro, por exemplo, aumentar as vendas em 10%. Permite que se avalie se a propaganda alcançou os objetivos, permite reajustar o valor destinado para propaganda.

O melhor método é este: Objetivo e Atividade. Porém, o Ajuste Calibrado, que já tratamos (que considera as experiências do empresário), pode trazer resultados importantes para pequenas e médias empresas, se também utilizar técnicas de mensuração dos resultados for mais efetivas.

Esperamos que este artigo tenha ajuda a dar uma visão mais clara sobre os métodos para determinar o orçamento de sua propaganda / divulgação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *